Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

Novo Ano Novo

Em 2009 quero quase tudo novo 


Uma casa nova 

Um emprego novo

Um 2º emprego novo

Um namorado novo 

Um grau académico novo

Um Vários carimbos novos no passaporte

Saúde renovada para quem dela precisa

Os Amigos de sempre


(sem nenhuma ordem de prioridades ou cronológica)

 

Prometo que vou anunciando aqui à medida que for acontecendo, ou pelo menos deixando mensagens subliminares (nhahahaaaaaaaaaaah!).

 

    FELIZ ANO NOVO    

 

 

My love
I'll never find the words, my love
To tell you how I feel, my love

Mere words could not explain
Precious love
You held my life within your hands
Created everything I am
Taught me how to live again

Only you
Cared when I needed a friend
Believed in me through thick and thin
This song is for you
Filled with gratitude and love

God bless you
You make me feel brand new
For God blessed me with you
You make me feel brand new
I sing this song 'cause you
Make me feel brand new

My love
Whenever I was insecure
You built me up and made me sure
You gave my pride back to me
Precious friend
With you I'll always have a friend
You're someone who I can depend
To walk a path that never ends

Without you
My life has no meaning or rhyme
Like notes to a song out of time
How can I repay
You for having faith in me

 

 

sinto-me: brand new
música: Simply Red - You make me feel brand new
publicado por Ventania às 00:01
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De outraidade a 1 de Janeiro de 2009 às 17:58
Então tudo "de novo" para 2009, o que deseja, claro!
De Violante a 2 de Janeiro de 2009 às 12:14
Estou contigo!

quero...

um emprego novo, uma vida nova,
um emprego novo, biscates novos,
o namorado novo (mas entretanto amigos coloridos novos),
saúde, viagens e viagens!

e mtos momentos a sonhar:)
De Ventania a 2 de Janeiro de 2009 às 18:42
Eheh, subscrevo também a dos amigos coloridos novos, e estou a torcer por ti como por mim! ;) Beijinhos =***

Comentar post

sobre mim

pesquisar

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

THE END

Maluda II

Nobody understands (me)

Às vezes não entendo

SHIUUUU

Out of reach

take 1

sem comentários...

Maluda

Choose...

07-07

Horto de incêndio - Al Be...

Que trabalho - Eugénio de...

...

You Are Welcome to Elsino...

...

Mário Cesariny

Sinastria amorosa de Vent...

Definições

Amedeo Modigliani

Mesmo?

...

I mean it

no teu poema - José Luís ...

Sit Down - James

Klimt

A romã

One of these days / Um di...

esferográficas

Manuel Cargaleiro

Somewhere to go, somethin...

Um baú mal fechado

Frida Kahlo

Something's missing

...

...

À janela, no Chiado

Henri de Toulouse-Lautrec

Post Scriptum para F.

...

O AMOR QUANDO SE REVELA -...

...

Erros

Todas as Ruas do Amor - F...

Gone fishing

Diego Vélasquez

de besta a bestial

A Recusa

F.A.

as eternidades já se acab...

arquivos

tags

todas as tags

crème de la crème

Breve história dum abraço...

...

balanço

Adrift

Silêncio

Procuro

Como quem rasga poemas...

um momento

evasões?

Auto-retrato

links

comentários recentes

espelhos de bolso.pequeninos, deprimem-nos- fazem-...
muito bonito , muito tocantegostei bastante !PARAB...
É muito útil para me.I foi muito feliz em encontra...
Nice informações apresentadas no post, obrigado p...
Boa noite!Sou o proprietário de uma obra inédita d...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
Já regressei, minha querida. Aliás, nunca fui long...
Só hoje vi o fim do teu blog... Sinceramente, lá d...
Não. não és só tu a perder calçado!Neste momento e...
Os filmes indianos têm aquele problemas.... há mus...

subscrever feeds