12 comentários:
De Nunziuh a 15 de Julho de 2009 às 12:02
wooow! :)
De Ventania a 16 de Julho de 2009 às 23:02
Benvindo e obrigada ;)
De Maria Ana a 15 de Julho de 2009 às 12:20
Wooow mesmo fogo :)
Parabens **
De Ventania a 16 de Julho de 2009 às 23:03
Why, thank you! :)
De Luz a 15 de Julho de 2009 às 13:46
Espectacular estas palavras ... quase tão minhas :))))

Parabéns por aqui postado .... grande garra ... luta e a Vida ... temos que ser sempre nós próprios ...
De Ventania a 16 de Julho de 2009 às 23:05
Obrigada :) Garra, sempre. Luta pela verdade e pela justiça, pela felicidade e pelo Amor. Ganha-se ou perca-se, desistir é que não.

(By the way, adoro o teu nick!)
De Ouriço a 16 de Julho de 2009 às 00:03
Abraço apertado de quem partilha parte dessas descobertas. Vive a cem, a mil, à velocidade que quiseres, mas vive. Sentindo tudo, até o sal.
De Ventania a 16 de Julho de 2009 às 23:07
Tudo. O sal, o açúcar, o azedo, o picante, o amargo. Tudo aquilo a que tenho (temos) direito. Abraço bom, que esses picos são macios, só afugentam quem não quer ver! Beijo!
De Miguel a 16 de Julho de 2009 às 23:21
Vieram-me lágrimas aos olhos pela autenticidade deste texto, pela universalidade desta partilha.
Brilhante :)
De Ventania a 18 de Julho de 2009 às 10:22
Nem sei o que dizer... Acho que foi o maior elogio que alguma vez me foi feito. Speachless. Obrigada, Miguel.
De miúda a 18 de Julho de 2009 às 17:50
Só agora li este texto. Está fantástico mesmo e por momentos desejei que daqui a uns anos eu alcance essa tua meta tendo o discernimento e a capacidade de fazer e viver tudo deste mesmo jeito, sem rodeios, ou arrependimentos, apenas coração aberto e percepção que o mundo está nas nossas mãos e que chorar é mais que um lavar de olhos, é um lavar do coração...
***
De viaggi in spagna a 28 de Setembro de 2010 às 15:57
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou estudando Português, eu não consigo entender tudo, mas quase! ;)

Comentar post