Terça-feira, 7 de Julho de 2009

07-07

tinha dito que o 7 é o meu número e as coisas mais importantes calham sempre a acontecer nestes dias. Continuo a gostar do 29. 9-2=7. Ou 2-9=-7. Antíteses.

Fez um ano. Tudo mudou, várias vezes. E desse dia por 7 anos? Onde estaremos, quão diferentes?

Muito mais que um seis no totoloto (já dizia o Sérgio Godinho, com um brilhozinho nos olhos), é um 7 no euromilhões (5 + 2 estrelas). Qual será a probabilidade de me sair essa grande sorte, não a do jogo, a outra? (Pouco) maior que nula, é certo.

 

 

sinto-me: com azar no jogo e no amor
tags: , ,
publicado por Ventania às 20:12
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Junho de 2009

no teu poema - José Luís Tinoco / Carlos do Carmo

 

No teu poema
Existe um verso em branco e sem medida
Um corpo que respira, um céu aberto
Janela debruçada para a vida
No teu poema existe a dor calada lá no fundo
O passo da coragem em casa escura
E, aberta, uma varanda para o mundo.
Existe a noite
O riso e a voz refeita à luz do dia
A festa da senhora da agonia
E o cansaço
Do corpo que adormece em cama fria.
Existe um rio
A sina de quem nasce fraco ou forte
O risco, a raiva e a luta de quem cai
Ou que resiste
Que vence ou adormece antes da morte.
No teu poema
Existe o grito e o eco da metralha
A dor que sei de cor mas não recito
E os sonhos inquietos de quem falha.

No teu poema
Existe um cantochão alentejano
A rua e o pregão de uma varina
E um barco assoprado a todo o pano
Existe um rio
A sina de quem nasce fraco ou forte
O risco, a raiva e a luta de quem cai
Ou que resiste
Que vence ou adormece antes da morte.
No teu poema
Existe a esperança acesa atrás do muro
Existe tudo o mais que ainda escapa
E um verso em branco à espera de futuro.

 

sinto-me: para o poeta
publicado por Ventania às 05:59
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Domingo, 21 de Junho de 2009

Sit Down - James

 

tags:
publicado por Ventania às 10:02
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 16 de Maio de 2009

Todas as Ruas do Amor - Flor-de-Lis


 

 

 

Se sou tinta Tu és tela

Se sou chuva És aguarela
Se sou sal És branca areia
Se sou mar És maré-cheia
Se sou céu És nuvem nele
Se sou estrela És de encantar
Se sou noite És luz para ela
Se sou dia És o luar
Sou a voz Do coração
Numa carta Aberta ao mundo
Sou o espelho D’emoção
Do teu olhar Profundo
Sou um todo Num instante
Corpo dado Em jeito amante
Sou o tempo Que não passa
Quando a saudade Me abraça
Beija o mar O vento e a lua
Sou um sol Em neve nua
Em todas as ruas Do amor
Serás meu E eu serei tua
Se sou tinta Tu és tela
Se sou chuva És aguarela
Se sou sal És branca areia
Se sou mar És maré cheia
Se sou céu És nuvem nele
Se sou estrela És de encantar
Se sou noite És luz para ela
Se sou dia És o luar
Beija o mar O vento e a lua
Sou um sol Em neve nua

Em todas as ruas Do amor
Serás meu E eu serei tua

publicado por Ventania às 05:05
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Abril de 2009

Choose Love - Rita Redshoes


I choose to hide

But I look for you all the time
I choose to run
But I'm begging for you to come
I wanna break
But I know that you can take
I stay a while
To be sure that you're by my side
Oh, oh

Don't look at me, just look inside
'Cause I can go through
Tell me, are you goin' tired
Of what I don't do
I wanna see, I wanna fight
'Cause I don't feel scared
Honey, if you care

I choose to find
Things that you left behind
I choose to stare
But I can take you anywhere

I wanna stay
But my soul leaves you anyway
Can close the door
And love, could you give me more

Don't look at me, just look inside
'Cause I can go through
Tell me, are you goin' tired
Of what I don't do
I wanna see, I wanna fight
'Cause I don't feel scared
Honey, if you care

Choose love, choose love, love
Choose love, choose love, oh

Don't wanna hear, I wanna fight
'Cause this time I won't be wrong

And I can waste this precious time
Asking where do I belong
So let me know your love is real
'Cause this time you won't control
Tell me please, what do you feel
Do I have to save your soul

Choose love, choose love, love
Choose love, choose love
Choose love, choose love, love
Choose love, choose love
Choose love, choose love, love
Choose love, choose love
Choose love, choose love, love
Choose love, choose love
Choose love, choose love, love
Choose love, choose love
Choose love, choose love, love
Choose love, choose love

tags:
publicado por Ventania às 10:43
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Come Away With Me - Norah Jones

 

 

Come away with me in the night 

Come away with me 
And I will write you a song 


Come away with me on a bus 
Come away where they can't tempt us 
With their lies 

I want to walk with you 
On a cloudy day 
In fields where the yellow grass grows knee-high 
So won't you try to come 

Come away with me and we'll kiss 
On a mountaintop 
Come away with me 
And I'll never stop loving you 

And I want to wake up with the rain 
Falling on a tin roof 
While I'm safe there in your arms 
So all I ask is for you 
To come away with me in the night 
Come away with me 

publicado por Ventania às 05:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sexta-feira, 10 de Abril de 2009

Amália Hoje - Gaivota (by The Gift)

 

(não me canso de ouvir...)

tags:
publicado por Ventania às 19:23
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Domingo, 29 de Março de 2009

Boulevard Of Broken Dreams - Green Day

 

 

I walk a lonely road

The only one that I have ever known
Don't know where it goes
But it's home to me and I walk alone

I walk this empty street
On the Boulevard of Broken Dreams
Where the city sleeps
and I'm the only one and I walk alone

I walk alone
I walk alone

I walk alone
I walk a...

My shadow's the only one that walks beside me
My shallow heart's the only thing that's beating
Sometimes I wish someone out there will find me
'Til then I walk alone

Ah-ah, Ah-ah, Ah-ah, Aaah-ah,
Ah-ah, Ah-ah, Ah-ah

I'm walking down the line
That divides me somewhere in my mind
On the border line
Of the edge and where I walk alone

Read between the lines
What's fucked up and everything's alright
Check my vital signs
To know I'm still alive and I walk alone

I walk alone
I walk alone

I walk alone
I walk a...

My shadow's the only one that walks beside me
My shallow heart's the only thing that's beating
Sometimes I wish someone out there will find me
'Til then I walk alone

Ah-ah, Ah-ah, Ah-ah, Aaah-ah
Ah-ah, Ah-ah

I walk alone
I walk a...

I walk this empty street
On the Boulevard of Broken Dreams
Where the city sleeps
And I'm the only one and I walk a...

My shadow's the only one that walks beside me
My shallow heart's the only thing that's beating
Sometimes I wish someone out there will find me
'Til then I walk alone...

tags:
publicado por Ventania às 11:10
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Março de 2009

Águas de Março - Tom Jobim e Elis Regina

 

 

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um caco de vidro, é a vida, é o sol
É a noite, é a morte, é um laço, é o anzol
É peroba no campo, é o nó da madeira
Caingá candeia, é o matita-pereira
É madeira de vento, tombo da ribanceira
É o mistério profundo, é o queira ou não queira
É o vento ventando, é o fim da ladeira
É a viga, é o vão, festa da cumeeira
É a chuva chovendo, é conversa ribeira
Das águas de março, é o fim da canseira
É o pé, é o chão, é a marcha estradeira
Passarinho na mão, pedra de atiradeira
É uma ave no céu, é uma ave no chão
É um regato, é uma fonte, é um pedaço de pão
É o fundo do poço, é o fim do caminho
No rosto um desgosto, é um pouco sozinho
É um estepe, é um prego, é uma conta, é um conto
É um pingo pingando, é uma conta, é um ponto
É um peixe, é um gesto, é uma prata brilhando
É a luz da manha, é o tijolo chegando
É a lenha, é o dia, é o fim da picada
É a garrafa de cana, o estilhaço na estrada
É o projeto da casa, é o corpo na cama
É o carro enguiçado, é a lama, é a lama
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã
É um resto de mato na luz da manhã
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
É uma cobra, é um pau, é João, é José
É um espinho na mão, é um corte no pé
São as águas de março fechando o verão
É a promessa de vida no teu coração
É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho
É um passo, é uma ponte, é um sapo, é uma rã

 

publicado por Ventania às 23:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009

I thought you would leave your heart with me - Rita Guerra

Hoje descobri esta canção. Embalou-me os pensamentos ao ritmo das suaves ondas que viram o sol nascer.

Adoro a voz da Rita Guerra, apesar de muitas vezes achar que as canções são fraquinhas.

sinto-me: facing the facts
publicado por Ventania às 09:55
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

No Regrets - Robbie Williams

We can call it whatever we want to, we used to call it love. It is long gone now, I just want to make it clear that the love we once had, is DEAD. And I have never hated you.


"No Regrets"

Tell me a story
Where we all change
And we'd live our lives together
And not enstranged

I didn't lose my mind it was
Mine to give away
Couldn't stay to watch me cry
You didn't have the time
So I softly slip away...

No regrets they don't work
No regrets they only hurt
Sing me a love song
Drop me a line
Suppose it's just a point of view
But they tell me I'm doing fine

I know from the outside
We looked good for eachother
Felt things were going wrong
When you didn't like my mother

I don't want to hate but that's
All you've left me with
A bitter aftertaste and a fantasy of
How we all could live

No regrets they don't work
No regrets they only hurt
(We've been told you stay up late)
I know they're still talking
(You're far too short to carry weight)
The demons in your head
(Return the videos they're late)
If I could just stop hating you
(Goodbye)
I'd feel sorry for us instead

Remember the photographs (insane)
The ones where we all laugh (so lame)
We were having the time of our lives
Well thank you it was a real blast

No regrets they don't work
No regrets they only hurt
Write me a love song
Drop me a line
Suppose it's just a point of view
But they tell me I'm doing fine

Everything I wanted to be every
Time I walked away
Everytime you told me to leave
I just wanted to stay
Every time you looked at me and 
Everytime you smiled
I felt so vacant you treat me like a child
I loved the way we used to laugh
I loved the way we used to smile
Often I sit down and think of you
For a while
Then it passes by me and I think of
Someone else instead
I guess the love we once had is
Officially dead 

publicado por Ventania às 22:21
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

GaGa - Melanie C

 

 

I don't want your adoration.
Don't want your train stoppin' at my station.
You hurt me and I'm grateful.
I never ever felt anything stranger.

Ga ga. Crazy.
Foolish for wanting you.
Stupid Cupid.
He's a drag he's not like you.
People say that it's insane.
We love to feel the pain.
And it hurts. Yes it hurts.
Let it hurt.

I don't want emotional hassle.
I just want another bite of the apple.
Dark thoughts need satisfaction.
We're gonna crash. Let's make it happen.

Ga ga. Crazy.
Foolish for wanting you.
Stupid Cupid.
He's a drag he's not like you.
People say that it's insane.
We always go for pain.
And it hurts. Yes it hurts.
Let it hurt.

This will never be over.
And you will always be mine.
You've gotta feed my hunger baby.
I am ready to dine.

Ga ga. Crazy.
Foolish for wanting you.
Stupid Cupid.
He's a drag he's not like you.
Ga ga (Ga ga). Crazy (Crazy).
Foolish for wanting you.
Ga ga (Ga ga). Crazy (And I'm crazy).
Foolish for wanting you.
And it hurts. And it hurts.
Let it hurt.
And it hurts. And it hurts.
Let it hurt.
And it hurts. And it hurts.
Let it hurt.
And it hurts. And it hurts.
Let it hurt.
And it hurts.

publicado por Ventania às 22:29
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 27 de Janeiro de 2009

about fighting, not ever giving up on being happy, and accepting defeat... {ABBA}

Having said this so many times, I didn't got to say it once more:


"Take A Chance On Me"


If you change your mind, I'm the first in line
Honey I'm still free
Take a chance on me
If you need me, let me know, gonna be around
If you've got no place to go, if you're feeling down
If you're all alone when the pretty birds have flown
Honey I'm still free
Take a chance on me
Gonna do my very best and it ain't no lie
If you put me to the test, if you let me try

Take a chance on me
(That's all I ask of you honey)
Take a chance on me

We can go dancing, we can go walking, as long as we're together
Listen to some music, maybe just talking, get to know you better
'Cos you know I've got
So much that I wanna do, when I dream I'm alone with you
It's magic
You want me to leave it there, afraid of a love affair
But I think you know
That I can't let go

If you change your mind, I'm the first in line
Honey I'm still free
Take a chance on me
If you need me, let me know, gonna be around
If you've got no place to go, if you're feeling down
If you're all alone when the pretty birds have flown
Honey I'm still free
Take a chance on me
Gonna do my very best and it ain't no lie
If you put me to the test, if you let me try

Take a chance on me
(Come on, give me a break will you?)
Take a chance on me
Oh you can take your time baby, I'm in no hurry, know I'm gonna get you

You don't wanna hurt me, baby don't worry, I ain't gonna let you
Let me tell you now
My love is strong enough to last when things are rough
It's magic

You say that I waste my time but I can't get you off my mind
No I can't let go
'Cos I love you so

If you change your mind, I'm the first in line
Honey I'm still free
Take a chance on me
If you need me, let me know, gonna be around
If you've got no place to go, if you're feeling down
If you're all alone when the pretty birds have flown
Honey I'm still free
Take a chance on me
Gonna do my very best, baby can't you see
Gotta put me to the test, take a chance on me
(Take a chance, take a chance, take a chance on me)

Ba ba ba ba baa, ba ba ba ba baa
Honey I'm still free
Take a chance on me
Gonna do my very best, baby can't you see
Gotta put me to the test, take a chance on me
(Take a chance, take a chance, take a chance on me)

Ba ba ba ba baa, ba ba ba ba baa ba-ba
Honey I'm still free
Take a chance on me


 


 

And that’s how the story goes:

 

"The Winner Takes it All"

 

I don't wanna talk

About the things we've gone through
Though it's hurting me
Now it's history
I've played all my cards
And that's what you've done too
Nothing more to say
No more ace to play


The winner takes it all
The loser standing small
Beside the victory
That's her destiny

I was in your arms
Thinking I belonged there
I figured it made sense
Building me a fence
Building me a home
Thinking I'd be strong there
But I was a fool
Playing by the rules


The gods may throw a dice
Their minds as cold as ice
And someone way down here
Loses someone dear
The winner takes it all
The loser has to fall
It's simple and it's plain
Why should I complain.

But tell me does she kiss
Like I used to kiss you? 
Does it feel the same
When she calls your name? 

Somewhere deep inside
You must know I miss you

But what can I say
Rules must be obeyed

The judges will decide
The likes of me abide
Spectators of the show
Always staying low
The game is on again
A lover or a friend
A big thing or a small
The winner takes it all

I don't wanna talk
If it makes you feel sad
And I understand
You've come to shake my hand
I apologize
If it makes you feel bad
Seeing me so tense
No self-confidence
But you see
The winner takes it all
The winner takes it all...

 

 

 

P.S. Infelizmente, eu tenho sempre razão e o meu instinto nunca me engana...

sinto-me: relieved
música: ABBA
publicado por Ventania às 18:34
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Janeiro de 2009

Dá-lhes música...

Estou indignada com o descaradíssimo plágio da Lucy ao slogan de campanha de Barack Obama. Populismo internacional? Oh meuzz amigozzz...

publicado por Ventania às 22:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2009

Não É Fácil - Marisa Monte

 

Não é fácil, não pensar em você

Não é fácil, é estranho
Não te contar meus planos, não te encontrar
Todo o dia de manhã enquanto eu tomo o meu café amargo
é, ainda boto fé de um dia te ter ao meu lado
Na verdade, eu preciso aprender
Não é fácil, não é fácil

Onde você anda, onde está você?
Toda a vez que eu saio me preparo para talvez te ver
Na verdade eu preciso esquecer
Não é fácil, não é fácil

Todo o dia de manhã enquanto eu tomo o meu café amargo
é, ainda boto fé de um dia te ter ao meu lado
o que eu faço? O que eu posso fazer?
Não é fácil, não é fácil

Se você quisesse ia ser tão legal
Acho que eu seria mais feliz do que qualquer mortal
Na verdade não consigo esquecer
Não é fácil, é estranho

publicado por Ventania às 22:11
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

Novo Ano Novo

Em 2009 quero quase tudo novo 


Uma casa nova 

Um emprego novo

Um 2º emprego novo

Um namorado novo 

Um grau académico novo

Um Vários carimbos novos no passaporte

Saúde renovada para quem dela precisa

Os Amigos de sempre


(sem nenhuma ordem de prioridades ou cronológica)

 

Prometo que vou anunciando aqui à medida que for acontecendo, ou pelo menos deixando mensagens subliminares (nhahahaaaaaaaaaaah!).

 

    FELIZ ANO NOVO    

 

 

 

sinto-me: brand new
música: Simply Red - You make me feel brand new
publicado por Ventania às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 27 de Dezembro de 2008

Nessun Dorma - Pavarotti

 

My all-time favourite!

 

Lyrics )

 

sinto-me: secretive
publicado por Ventania às 12:37
link do post | comentar | favorito
|

sobre mim

pesquisar

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

07-07

no teu poema - José Luís ...

Sit Down - James

Todas as Ruas do Amor - F...

Choose Love - Rita Redsho...

Come Away With Me - Norah...

Amália Hoje - Gaivota (by...

Boulevard Of Broken Dream...

Águas de Março - Tom Jobi...

I thought you would leave...

No Regrets - Robbie Willi...

GaGa - Melanie C

about fighting, not ever ...

Dá-lhes música...

Não É Fácil - Marisa Mont...

Novo Ano Novo

Nessun Dorma - Pavarotti

All I Want For Christmas ...

Wham e George Michael

Favorite Adventure - K's ...

Mad World - Gary Jules

I can't make you love me

Wicked Game

Time After Time

the story - brandi carlil...

"Blue Monday" - New Order

Alanis Morrissete

Apontamento - Margarida P...

A Vida Segue Lá Fora - Lú...

Desafinado - João Gilbert...

Smile

GREY...

"Live For Real" - K's Cho...

Ser Poeta - Florbela Espa...

Perdida por ti - Lúcia Mo...

Linger - The Cranberries

E depois do adeus - Paulo...

arquivos

tags

todas as tags

crème de la crème

Breve história dum abraço...

...

balanço

Adrift

Silêncio

Procuro

Como quem rasga poemas...

um momento

evasões?

Auto-retrato

links

comentários recentes

espelhos de bolso.pequeninos, deprimem-nos- fazem-...
muito bonito , muito tocantegostei bastante !PARAB...
É muito útil para me.I foi muito feliz em encontra...
Nice informações apresentadas no post, obrigado p...
Boa noite!Sou o proprietário de uma obra inédita d...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
Já regressei, minha querida. Aliás, nunca fui long...
Só hoje vi o fim do teu blog... Sinceramente, lá d...
Não. não és só tu a perder calçado!Neste momento e...
Os filmes indianos têm aquele problemas.... há mus...

subscrever feeds