Sábado, 18 de Julho de 2009

Maluda II

Para ver e saber mais sobre a mais divulgada pintora portuguesa: http://maludablog.umnomundo.eu 

publicado por Ventania às 06:39
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 11 de Julho de 2009

Maluda

 

 

Para ver e saber mais sobre a mais divulgada pintora portuguesa: http://maludablog.umnomundo.eu 

publicado por Ventania às 10:34
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 5 de Julho de 2009

You Are Welcome to Elsinore - Mário Cesariny

Para a miúda, que escreve excepcionalmente bem e em cujas palavras vou encontrando sentires irmãos, paridos em silêncios que ardem como brasas quentes, levedados com um mesmo fermento chamado paixão.

       YOU ARE WELCOME TO ELSINORE
Entre nós e as palavras há metal fundente
entre nós e as palavras há hélices que andam
e podem dar-nos morte     violar-nos     tirar
do mais fundo de nós o mais útil segredo
entre nós e as palavras há perfis ardentes
espaços cheios de gente de costas
altas flores venenosas     portas por abrir
e escadas e ponteiros e crianças sentadas
à espera do seu tempo e do seu precipício

Ao longo da muralha que habitamos
há palavras de vida     há palavras de morte
há palavras imensas, que esperam por nós
e outras, frágeis, que deixaram de esperar
há palavras acesas como barcos
e há palavras homens, palavras que guardam
o seu segredo e a sua posição

Entre nós e as palavras, surdamente,
as mão e as paredes de Elsinore

E há palavras nocturnas palavras gemidos
palavras que nos sobem ilegíveis à boca
palavras diamantes palavras nunca escritas
palavras impossíveis de escrever
por não termos connosco cordas de violinos
nem todo o sangue do mundo nem todo o amplexo do ar
e os braços dos amantes escrevem muito alto
muito além do azul onde oxidados morrem
palavras maternais só sombra só soluço
só espasmos só amor só solidão desfeita

Entre nós e as palavras, os emparedados
e entre nós e as palavras, o nosso dever falar       

               

 

 

publicado por Ventania às 17:39
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 4 de Julho de 2009

Mário Cesariny

PARADA


Com um grande termómetro no chapéu

e um certo ar marcial equidistante

todos saíram hoje das suas casas na duna

para a rua a soprar o vento que vem de longe

a certeza que há-de vir de longe


Os prisioneiros polícias dos polícias prisioneiros

nas montras nos passeios por baixo dos bancos

passam os pontos escuros para o outro lado

sem esquecer o espelho

sem esquecer o aranhiço meticulosamente pequenino

para fazer a surpresa

sem esquecer a borboleta tonta que sobe no horizonte

da cor do sol

o pescoço da nossa felicidade


Mário Cesarinyin ‘burlescas, teóricas e sentimentais’, p. 124, colecção forma nº 7, Editorial Presença, Lisboa, 1972 (Antologia, tendo origem o poema na obra ‘Pena Capital‘, 1957).

 

sou um homem
um poeta
uma máquina de passar vidro colorido 
um copo uma pedra uma pedra
configurada um avião que sobe levando-te nos seus braços 
que atravessam agora o último glaciar da terra [...]

Mário Cesariny, Autografia, Assírio & Alvim

 

publicado por Ventania às 05:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 27 de Junho de 2009

Amedeo Modigliani

publicado por Ventania às 05:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Sábado, 20 de Junho de 2009

Klimt

Parece(-me) quase impossível, mas ainda a semana passada estive com alguém que considero bastante culto, bem-formado, atento, com uma sensibilidade artística apurada, mas que desconhecia por completo Gustav Klimt. Por isso, deixo um cheirinho (a obra mais famosa de Klimt, O Beijo, já a tinha deixado aqui), e vou tentar que a periodicidade desta que vai sendo uma rubrica cá da casa, a da pintura, passe a semanal. É que as coisas boas sabem melhor quando são partilhadas.

tags: ,
publicado por Ventania às 05:05
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

A romã

Foi tua, foi minha, doce, aos pequenos gomos que se derretem nos sabores das línguas. Canivete, carroças, calor. Ácido, cheira a quarenta graus e a espiritualidade. Flores de lótus. Lado a lado, sem palavras, obtusas, desnecessárias. Partilha. Fertilidade, ternura, aventura. Começos, intervalos, reticências nos esquecimentos. Pausa em tudo o que nos acostumámos a ser. Sexo(s). Franja suada, colada à testa, ventoinhas cantoras testemunhas, duches de paz e de beijos. O reverso. Romã é Amor ao contrário.

Maluda

Devia ter comido só figos.

publicado por Ventania às 19:59
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Sábado, 13 de Junho de 2009

Manuel Cargaleiro

publicado por Ventania às 08:58
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Frida Kahlo

Without hope

O Abraço Amoroso entre o Universo, a Terra (México), Eu, o Diego e o Señor Xólotl

A coluna partida

publicado por Ventania às 22:46
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Domingo, 24 de Maio de 2009

Henri de Toulouse-Lautrec

 

publicado por Ventania às 15:41
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 6 de Maio de 2009

Diego Vélasquez

As Meninas, 1656

Óleo sobre tela, 318 x 276 cm
Museu do Prado, Madrid

 

A Costureira, 1640

Óleo sobre tela, 74 x 60 cm

National Gallery of Art, Washington

 

publicado por Ventania às 23:56
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 18 de Fevereiro de 2009

Hieronymus Bosch

O Jardim das Delícias Terrenas, 1504


Para ver o tríptico (Jardim do Éden + Jardim das Delícias Terrenas + O Inferno) clicar aqui.

 

 

 

sinto-me: between heaven and hell
tags: ,
publicado por Ventania às 18:59
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Dezembro de 2008

Paula Rêgo

 

Looking Out, 1997

 

publicado por Ventania às 19:28
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 9 de Dezembro de 2008

ainda Magritte

 

publicado por Ventania às 13:41
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 7 de Dezembro de 2008

René Magritte

 

 

 

 

publicado por Ventania às 00:01
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 16 de Novembro de 2008

Picasso

Partilhando mais um pouco do que me faz vibrar:

 

The Embrace, 1900 - Pastel on paper

 

Roofs of Barcelona - Barcelona, 1902 - Oil on canvas - 57,8 x 60,3 cm

 

Para quem quiser mais: aqui.

publicado por Ventania às 06:11
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 8 de Novembro de 2008

Lucian Freud


"Reflection" (1985)

 

 

"Self-Portrait: Reflection" (2002)


"Ib and Her Husband" (1992)

 

”Naked Portrait With Reflection”

 

 

sinto-me:
publicado por Ventania às 22:10
link do post | comentar | favorito
|

sobre mim

pesquisar

 

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Maluda II

Maluda

You Are Welcome to Elsino...

Mário Cesariny

Amedeo Modigliani

Klimt

A romã

Manuel Cargaleiro

Frida Kahlo

Henri de Toulouse-Lautrec

Diego Vélasquez

Hieronymus Bosch

Paula Rêgo

ainda Magritte

René Magritte

Picasso

Lucian Freud

Edvard Munch

...

Pablo Picasso's Unknown M...

Harmony in Red by Henri M...

Metamorfose de Narciso - ...

Hoje tropecei aqui. E sor...

Hoje, para digestivo...

arquivos

tags

todas as tags

crème de la crème

Breve história dum abraço...

...

balanço

Adrift

Silêncio

Procuro

Como quem rasga poemas...

um momento

evasões?

Auto-retrato

links

comentários recentes

espelhos de bolso.pequeninos, deprimem-nos- fazem-...
muito bonito , muito tocantegostei bastante !PARAB...
É muito útil para me.I foi muito feliz em encontra...
Nice informações apresentadas no post, obrigado p...
Boa noite!Sou o proprietário de uma obra inédita d...
Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou ...
Já regressei, minha querida. Aliás, nunca fui long...
Só hoje vi o fim do teu blog... Sinceramente, lá d...
Não. não és só tu a perder calçado!Neste momento e...
Os filmes indianos têm aquele problemas.... há mus...

subscrever feeds