1 comentário:
De outraidade a 1 de Novembro de 2008 às 15:42
Mesmo que idílica a mistura sabe bem quando a saboreamos com toda a força da vida. Ainda que doa.

Comentar post