10 comentários:
De Ana a 4 de Fevereiro de 2009 às 17:40
Sinto-me exactamente assim. É uma treta!
De Ventania a 4 de Fevereiro de 2009 às 18:34
Yeap, sucks bigtime! E o pior ainda é ter consciência de se estar neste modo lamuriento...
De John Doe a 4 de Fevereiro de 2009 às 19:52
Nunca te cales. No dia em que o fizeres é o dia em que deixas de pensar. Grita tudo o que te apetece no momento em que te apetece...

E o resto é treta...
De Ventania a 5 de Fevereiro de 2009 às 21:52
I always do, dear John, I always do... Abraço :)
De FlordeLis a 4 de Fevereiro de 2009 às 20:01
A única pessoa que pode mudar esse estado de alma és tu.
Acredita na força que vai mudar isso.
Na tua força. Na tua vontade de viver a vida!

De Ventania a 5 de Fevereiro de 2009 às 21:53
A vontade de viver a Vida é imensa, Mensageira, imensa! E a força nunca me faltou, não será agora, não vou deixar! Obrigada pelas tuas palavras. =)
De Ouriço a 5 de Fevereiro de 2009 às 12:23
Há alturas assim, minha querida. É nesses momentos que eu procuro ter paciência comigo mesma. Pensa assim: tu, a tua melhor amiga, tens de ter também paciência contigo... Há-de passar... Beijo grande
De Ventania a 5 de Fevereiro de 2009 às 21:56
Tem de passar, tudo passa (antes que me passe eu para o lado de lá daquela linha muito ténue entre a sanidade e a loucura). Um beijo para ti =)
De Tiago, a 7 de Fevereiro de 2009 às 22:46
Pois bem, na minha opinião essa tua atitude, deve a falta de sexo, ou então da qualidade do dito! Digo eu...
De Ventania a 8 de Fevereiro de 2009 às 20:31
Quando não se conhece a mão por detrás do lápis (neste caso, do teclado), é a imaginação que fala mais alto.

Comentar post